sexta-feira, agosto 10, 2007

Primo Basílio

(Brasil, 2007)



Entre a antiga minissérie da Globo e este filme, também da Globo, fique com o livro. O original, de Eça de Queiroz, está claro, não aquele resumo do Fuvestão que você foi obrigado a ler “de orelhada” no cursinho ao som do violão desafinado daquele professor barbudo e babão de Literatura, que usava sandálias de couro, vestia por cima da pança peluda aquela velha camisa branca toda amarfanhada e tinha um hálito que bafejava cerveja e cigarro Dallas. Eu avisei, hein!

9 comentários:

Ailton disse...

Pelo trailer, o filme parece ser muito ruim. Mas a boa notícia é que os filmes do Daniel Filho não são tão ruins quanto parecem. hehehe.. Devo conferir esse negócio aí assim mesmo.

Lorde David disse...

Não é ruim, mas também não é muito bom, hehehe. E também não estou muito a fim de ser "acaciano" com o sr. Daniel Filho, hehehe.

Chico disse...

Corajoso!

Lorde David disse...

Corajoso? Não, sincero apenas. No máximo, pode me custar a expulsão do Orkut de algumas pessoas, hehehe.

Ailton disse...

Corajoso por que? Por ter visto e não gostado? Pior eu, que vi e gostei. hahahaha

Lorde David disse...

Também não entendi, Ailton. Mas gostei mesmo assim. Do elogio do Chico, não do filme, hahahaha.

Lorde David disse...

Mas não foi só você que gostou, Ailton. O Merten, por gostar muito de novelinhas, gostou. A Vejinha gostou. A Veja gostou. O Guia da Folha elogiou e assim por diante. Não está sozinho, meu chapa. Eu, ao contrário... hehehe.

Ailton disse...

Acho que a maioria das críticas que eu li foram negativas ou quase em relação ao filme, David. Só tinha lido de positiva a crítica do Merten. Acabei de postar sobre o filme no blog.

Lorde David disse...

Teve um crítico de um jornal de Campinas, que costuma ser bem chato, que surpreendemente também gostou do filme. Por essas e outras, acho que o filme até que sendo bem-visto por parte da crítica, hehehe.