sexta-feira, março 14, 2008

Sentença de Morte

(Death Sentence, EUA, 2007)



Do mesmo jovem diretor de Jogos Mortais (2004), mas felizmente sem os mesmos excessos e maneirismos visuais deste, um movimentado e eficiente vigilante movie, que atualiza a premissa básica da justiça com as próprias mãos de Desejo de Matar, baseando-se inclusive em livro do mesmo autor, Brian Garfield, acrescentado de nuances psicológicas e enriquecido por uma soturna atmosfera que remete instantaneamente ao clássico de Michael Winner. Aqui, é a vez de Kevin Bacon, como Nick, um bem-sucedido diretor de uma grande companhia de seguros e pai de família exemplar, ver seu filho mais velho e esportista promissor ser estupidamente assassinado durante assalto a um posto de gasolina por um delinqüente em processo de iniciação para ser aceito na gangue que comete o roubo. O assassino obviamente é solto. E obviamente Nick o mata, quase que instintivamente. Passa então a ser perseguido sem trégua pela gangue de tipos animalescos, numa escalada de violência e vingança mútua que destruirá o que restou de sua família e, sobretudo, de sua humanidade. Mas Nick, antes incapaz de segurar um revólver, não vai deixar barato, pois de tanto encarar o(s) monstro(s), torna-se ele um monstro também, só que cada vez mais armado e psicótico, mergulhado num pesadelo que não parece ter fim, em filme bem levado por James Wan, que conta com Kevin Bacon, excelente num papel bastante físico, e uma eletrizante perseguição, filmada quase sem cortes num edifício-garagem por uma câmera que desliza sem treme-treme pelas ruas e plataformas, como seus principais trunfos, além de participações de John Goodman, como o homem que arma Nick, e de Kelly Preston, que faz a esposa do todo certinho pai de família tornado justiceiro implacável. Enfim, assim como o recente Valente, de Neil Jordan, um filme matador.

9 comentários:

Osvaldo disse...

O texto só me deu mais vontade ainda de assistir, David!! Vale a sessão dupla com VALENTE? hehehe. Sei que corro risco de virar vigilante e ser preso, mas tudo bem.

Lorde David disse...

Acho que vale sim, Osvaldo. Só não quero estar aí por perto depois que você assistir aos filmes, hehehe.

Akinogal disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

osvaldo neto disse...

Acabei de ver. :)

Melhor do que eu esperava, a perseguição é disparada uma das melhores cenas do ano. Já espero ansioso pelo próximo filhote cinematográfico do James Wan. Kevin Bacon manda muitíssimo bem.

André Renato disse...

Fiquei curioso pra ver esse filme! Essas nuanças psicológicas e o cara que vira monstro de tanto lutar contra monstros são coisas bem interessantes...

Ailton disse...

Acabei de baixar. Vi VALENTE ontem.

Lorde David disse...

Yeah, agora todo mundo quer virar vigilante, hehehe.

Daniel The Walrus disse...

Pena q a Kelly Preston não mostra mais os peitos soberbos q ela tem, nos filmes...

Lorde David disse...

Resta sempre revê-la com os peitos de fora em A Primeira Transa de Jonathan...