quarta-feira, junho 13, 2007

Andata e Ritorno – Prima Parte

Aos poucos e ainda baleado devido ao (con)fuso horário, e depois de quase um mês de longos caminhos pela Toscana e Milão, este blog volta ao funcionamento, ainda que parcial. Eis alguns momentos inesquecíveis da viagem:



O começo, em Paris, depois de 12 horas de vôo no apertado (e lotado) Boeing 777 da Air France, mas com excelentes refeições e sorvete Häagen-Dazs à vontade a bordo. Acima, a praça da Bastilha, onde havia a fortaleza-prisão destruída na Revolução Francesa, e o moderno teatro da Ópera no fundo.



Dias depois, após mais uma viagem de avião de Paris até Milão e, de lá, em um potentíssimo Lancia Ypsilon, por meio de sinuosas e escuras estradas a beira de vales e montanhas escarpadas na Toscana profunda, a chegada na Garfagnana, com suas pitorescas cidadezinhas medievais. Na foto, o cartão postal da região, a Ponte do Diabo ou da Madalena, em Borgo a Mozzano, no Vale do Rio Serchio.




A capital "metropolitana", Castelnuovo di Garfagnana, e o rio Serchio.



Próxima à comuna de Castelnuovo, a casa de campo em Pieve Fosciana, onde passamos dias agradáveis e, às vezes, chuvosos, mas agradáveis ainda assim.



O lago de Vagli, uma das mais belas vistas da região. Suas águas profundas encobrem uma vila medieval que de dez em dez anos vem à tona com a abertura das comportas da represa de Vagli. É incrível também, em toda a Garfagnana, a variedade de tons de verde da vegetação, muito bem preservada.

Continua...

2 comentários:

Ailton disse...

Maravilha, hein.. Gostaria de fazer uma viagem dessas um dia.

Lorde David disse...

Vale a pena, Ailton. É só tomar cuidado com os motoristas (ou "autistas", como se diz por lá) italianos. Tudo louco, hehehe.