sexta-feira, novembro 24, 2006

A Fúria de Um Bravo (Never Let Me Go, EUA, 1953)

Há dias vi esse filme no canal TCM achando que, pelo título brasileiro e pela direção de Delmer Daves, tratava-se de um western. Na verdade, Never Let Me Go é um melodrama old fashion da MGM sobre a Guerra Fria. Nele, Clark Gable interpreta um jornalista americano correspondente em Moscou bem nos primórdios do esfriamento das relações entre americanos e soviéticos. Lá, se apaixona por uma bailarina do Bolshói (Gene Tierney, que tem o rosto de uma bonequinha russa). Como bom americano, produto da livre iniciativa e do individualismo yankee, não perde tempo e casa-se com a moça (afinal, trata-se de Clark Gable!), mas é obrigado a partir sem ela. Organiza então com um engenheiro inglês (Richard Haydn), que também deixou a sua bailarina para trás, um arriscado plano para resgatá-las e assim curtirem juntos as delícias do capitalismo burguês.

O romance entre Gable e Tierney é um tanto frouxo. Daves filma melhor a relação entre os homens, o que não é de se estranhar, já que vários de seus trabalhos, como os westerns Flechas Ardentes ou Como Nasce um Bravo, são aventuras quase que inteiramente masculinas. Por isso, a segunda parte, em que os dois partem num iate para resgatar as bailarinas na União Soviética é muito mais inspirada, com suspense, ação e toques cômicos, graças à eficiência da direção. E Richard Haydn, conhecido coadjuvante de várias produções da época, rouba todas as cenas. É impagável, por exemplo, a cena em que embebeda os oficiais russos da guarda costeira, brindando a todo instante algum inventor ou cientista soviético que teria, de acordo com a história oficial do Politburo, inventado a lâmpada, o carro, o trem, o avião, etc. São tantas as invenções atribuídas aos soviéticos que rapidinho os tais camaradas bigodudos tombam. Haja vodca.

2 comentários:

Ailton disse...

Os dois westerns de Daves que assisti eu gostei. Mas não a ponto de eu procurar feito louco tudo que é filme do cara. hehehe.. Na frente teria o Anthony Mann, por exemplo.

Lorde David disse...

Ãs vezes os filmes menos conhecidos podem surpreender. Como foi o caso deste. Em todo caso, Daves é um artesão confiável.